quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Hoje,


eu sinto esperanças perdidas, alegrias vividas e um vazio dentro de mim.

H
oje,eu colo tantas palavras que por falta de oportunidade ou medo eu não falei.

H
oje,choro por ter tido tudo e no fundo não ter tido nada.

H
oje, eu digo que no amanhã serei alguem sem tristezas, e ate com um pouco de esperanças para que no futuro eu possa saber que acima de tudo serei uma pessoa FELIZ.

Um comentário:

  1. Olá,garota!
    Eu estava a procura desse poema.Tentei lembrar-lo por muitas vezes e não encontrei.Hoje estava no google pesquisando e encontrei o seu perfil.Esse poema eu aprendi quando ainda adolescente e o achei enfim no seu blog.
    Beijos
    Rute Queiroz

    ResponderExcluir